Treinamento em gestão de pessoas. Por que investir?

Treinamento em gestão de pessoas. Por que investir?

O termo gestão de pessoas se refere a um conjunto de estratégias e ações voltadas para o desenvolvimento do capital humano. Visto como o dono da gestão de pessoas nas organizações, o departamento de recursos humanos fica como responsável por desenvolver características relacionadas a comportamento, gestão, liderança, etc.

O investimento no capital humano é tão importante que pesquisas descobriram que não investir no desenvolvimento de colaboradores pode acarretar sérios prejuízos para as organizações. Nos EUA, estudos mostram que as empresas perdem em média 105 bilhões mitigando contratações malsucedidas. Por outro lado, investimentos em uma cultura de gestão de performance, dirigida para engajamento, retenção e rentabilidade, resultaram em uma rentabilidade 756% maior, segundo pesquisa da Harvard Business School.

Dentro do escopo do planejamento o RH, os treinamentos em gestão de pessoas devem estar na agenda anual como parte do processo de desenvolvimento das equipes da organização, pois são uma carga de conhecimento e também de autoconhecimento.

 

Dicas para treinamento em gestão de pessoas

Identificar os principais gaps ou necessidades da organização pode ser o primeiro passo para definir quais serão os treinamentos em gestão de pessoas que farão parte do seu calendário. A organização sofre constantes reclamações sobre lideranças muito duras? Está passando por um momento de readequação cultural? Mudanças no estilo de gestão? Cada decisão ou rumo que a empresa toma impacta diretamente no clima organizacional. O diagnóstico deve ser feito pelo RH junto à prestadora de serviços.

Seguem alguns exemplos de possíveis soluções para algumas das principais demandas do departamento de recursos humanos. Vale lembrar que cada caso deve ser estudado e adequado de acordo com o diagnóstico da Fellipelli Consultoria.

 

Exemplo 1 – Soluções Para Conflitos em Equipes

Há conflitos entre áreas importantes para a organização e o trabalho é independe – o que resulta em prejuízos financeiros.

Em gestão de pessoas, provavelmente o melhor caminho seria promover um Workshop de MBTI ® entre os líderes. Somente esse treinamento já seria ótimo para que eles percebessem que algumas atitudes são orgânicas e não provocações, que cada um funciona de um jeito e todos têm sua importância dentro de uma organização.

Como estratégia complementar, incluiríamos a aplicação do assessment Birkman ® também nas lideranças, para que cada um entendesse o seu próprio estilo de trabalho e os estilos de trabalho dos outros.  A partir dos insights, conduziríamos um processo de Coaching de Time, estabelecendo um objetivo comum para todos esses líderes.

Por que nós indicamos treinamentos para liderança quando se fala em integração entre áreas? Por que o líder é quem está no comando da equipe e ele é o responsável por implementar o clima, cultura e visão de engajamento ou de combate entre as áreas.

 

Exemplo 2 – Soluções para conflitos entre membros de uma mesma equipe

Existe conflito entre indivíduos de uma mesma equipe

Conflitos entre indivíduos de uma mesma equipe são altamente tóxicos, prejudiciais ao clima organizacional e acarretam perda em produtividade e engajamento. É claro que não existe uma solução imediata para esse problema, mas o ponto de partida pode estar em treinamento de gestão de pessoas.

O Workshop de MBTI ® para times pode ser o primeiro passo para a integração dessa equipe. Durante oito horas, esses indivíduos farão um mergulho de autoconhecimento coletivo, que estimula o respeito e aceitação. Outro passo importante seria a aplicação do assessment TKI ™ – Gestão de conflitos para que o líder entendesse quais estilos de conflito existem em sua equipe.

 

Exemplo 3 – Rotatividade em Gestão de Pessoas

Liderança imperativa e alta rotatividade

Um dos grandes problemas em gestão de pessoas é a rotatividade, que acarreta perda de talentos e prejuízos para as organizações. Boa parte dessa responsabilidade pode estar nas mãos das lideranças, que conduzem conversas tóxicas e estimulam o liderado a ficar sempre na defensiva ou mesmo fugir – pedir demissão. Um excelente caminho em treinamento e gestão de pessoas seria a contratação do workshop Connect – do Neuroleadership Institute e Fellipelli Consultoria.

Durante oito horas, o líder aprenderá um modelo inovador de feedback e a como promover conversas de qualidade, que estimulem a produtividade, o engajamento e a aproximação do colaborador. Tudo isso tendo como base as últimas pesquisas da neurociência sobre liderança. Esse workshop fica muito mais poderoso quando combinado com sessões de mentoring para acompanhar a implementação desse novo modelo pelo líder.

Vale lembrar que por mais poderoso que o treinamento seja, em gestão de pessoas, funciona como parte de todo um processo de desenvolvimento que é fundamental para a construção de uma empresa unificada, de um clima organizacional melhor e de equipes mais lucrativas.

Produtos relacionados

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.